sábado, 24 maio 2024

Governo decreta situação de emergência no Acre por conta dos casos de SRAG e superlotação de UTIs

Everton Damasceno, ContilNet

Saiu na edição do Diário Oficial do Acre (DOE) desta terça-feira (14) o decreto que declara situação de emergência em saúde pública em todo o Estado.

A situação se dá em virtude do aumento expressivo de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e da superlotação dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No decreto válido por três meses, o governo define que a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) coordene a atuação específica dos órgãos e entidades competentes para o enfrentamento da emergência de que trata o decreto e autoriza a adoção de medidas administrativas urgentes que se mostrarem necessárias ao restabelecimento da situação de normalidade.

No Pronto-Socorro de Rio Branco, dos 27 leitos de UTI, 26 estão ocupados. Na Fundhacre, todos os 18 estão ocupados. E no Santa Juliana, os 20 exisitentes estão ocupados.

No Juruá, a situação também é preocupante. Todos os 10 leitos de UTI estão ocupados.

Últimas