segunda-feira,20 maio 2024

Nível do Rio Acre cai quase um metro em 48 horas e Defesa Civil está em alerta

Vitor Paiva, Contil

Faz pouco tempo que as águas dos rios no estado do Acre baixaram, após uma das maiores enchentes de sua história, chegando a 17,89m na capital.

Agora, o que vem preocupando a Defesa Civil da capital é o problema oposto, o baixo nível das águas.

Na manhã desta sexta-feira (10) foi averiguado que o nível do Rio Acre está em 3,85m, o que pode ser considerado comum para o período anual.

Entretanto, a queda de 96 cm em 48 horas não era o esperado para o momento. Na quarta-feira (8) o registro era de 4,81 metros, enquanto na marcação de sexta-feira, o nível apresentado é de 3,85m.

Cláudio Falcão, diretor de Administração de Desastres da Defesa Civil de Rio Branco, diz que o perfil do rio vem mudando, e que nem mesmo essa marcação atual seria comum há 10 anos, então a queda repentina é sim preocupante.

“O Rio Acre está abaixo dos 4 metros no início de maio pode até ser considerado normal para os dias atuais, apesar de que não seria há 10 anos. O que assusta é a velocidade com que o nível desceu: um metro em 48 horas não é comum e nos preocupa”.

Se a redução continuar acentuada como agora, os níveis do rio logo ficaram abaixo dos dois metros, o que afetaria negativamente o escoamento das produções de comunidades ribeirinhas.

“Não é normal cair tanto em 48 horas. No ano passado, o rio ficou abaixo dos dois metros no final do mês de junho, como ainda estamos no início de maio, se o nível de descida for mantido, teremos o manancial com dois metros bem antes do que em 2023”, explica Falcão.

Últimas