segunda-feira,20 maio 2024

Socialite mantida em cárcere não paga condomínio no Chopin há 20 meses

Metrópoles

A socialite Regina Lemos Gonçalves, que acusou, em entrevista, o ex motorista José Marcos Chaves Ribeiro de mantê-la em cárcere privado por 10 anos, não pagou o condomínio e IPTU no Chopin, Rio de janeiro, durante 20 meses. Dívida passa de R$ 100 mil.

Depois de três meses sumida, Regina teria retornado ao apartamento luxuoso no Edifício Chopin, no dia 26 de abril, na Avenida Atlântica. O imóvel é apontado como um dos seus patrimônios.

Foi descoberto em meio à disputa judicial entre a socialite, o ex-motorista, José Marcos Chaves Ribeiro, além dos familiares de Regina, que uma dívida de 20 meses de condomínio está atrasada, dos apartamentos 301 e 302 do Chopin.

Segundo relatos do amigo João Chamarelli, Regina Lemos está com a conta zerada e apartamentos podem ir para leilão caso não pague. Família está negociando a dívida. O valor do imposto de cada apartamento no Choping é de R$ 25.361,13. Outros débitos da socialita, nos anos anteriores, somam R$ 91.237,79, segundo O Globo.

Mantida em cárcere privado

A socialite Regina Lemos Gonçalvez afirmou que o ex-motorista José Marcos Chaves Ribeiro, manteve ela em cárcere privado por 10 anos. Regina acusou que o ex-motorista, teria roubado algumas peças e joias das grifes.

Últimas