domingo,26 maio 2024

Após cometer roubos, homem é julgado pelo tribunal do crime e recebe marteladas de facção

Ithamar Souza, ContilNet

O homem em situação de rua identificado como Ronisclei Ferreira de Souza, 31 anos, foi julgado e condenado pelo “tribunal do crime”, a levar golpes de martelo na manhã desta quarta-feira (8), após receber uma disciplina imposta por uma organização criminosa.

O fato aconteceu nas proximidades do Hotel do Papai, no bairro Dom Giocondo, conhecido popurlamente como Papouco, mas a vítima foi socorrida apenas durante a noite na rua Floriano Peixoto, em Rio Branco.

Segundo informações de testemunhas, Ronisclei foi julgado pelo ‘tribunal do crime’ e condenado a um corretivo por furtar na região. O homem foi abordado na rua por membros de uma facção e foi submetido a várias marteladas nas duas mãos.

Amigos de Ronisclei perceberam que, pela noite, ele apresentava muitas dores e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam Ronisclei com fraturas nas mãos ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde estável.

A Polícia Militar não foi acionada, mas o caso será investigado pela Polícia Civil.

 

 

Últimas