segunda-feira,20 maio 2024

Mutirão para regularizar título eleitoral já atendeu mais de 3,4 mil pessoas no Acre

Maria Fernanda Arival, ContilNet

A Justiça Eleitoral tem realizado um mutirão para tirar ou regularizar o título de eleitor, que tem como prazo final até 8 de maio. Até a última segunda-feira (6), foram realizados 3.428 atendimentos em todo o estado.

O cadastro eleitoral se encerra nesta quarta-feira (8) e os locais onde estão sendo feitos os atendimentos registraram filas, como o Ginásio do SESC, a OCA em Rio Branco, Xapuri e Cruzeiro do Sul, além de cartórios e postos de atendimento ao eleitor.

Ao todo, 1.270 pessoas foram atendidas no ginásio do SESC, em Rio Branco, até a última segunda-feira (6). Veja os números disponibilizados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC).

1º de maio (Quarta-feira): 444

Emissão do primeiro título: 195

Transferência de domicílio eleitoral: 83

Revisão cadastral: 166

2 de maio (Quinta-feira): 488

Emissão do primeiro título: 166

Transferência de domicílio eleitoral: 114

Revisão cadastral: 206

3 de maio (Sexta-feira): 798

Emissão do primeiro título: 286

Transferência de domicílio eleitoral: 196

Revisão cadastral: 316

4 de maio (Sábado): 436

Emissão do primeiro título: 168

Transferência de domicílio eleitoral: 110

Revisão cadastral: 158

5 de maio (Domingo): 459

Emissão do primeiro título: 147

Transferência de domicílio eleitoral: 142

Revisão cadastral: 170

6 de maio (Segunda-feira): 1.270

Emissão do primeiro título: 453

Transferência de domicílio eleitoral: 327

Revisão cadastral: 490

O mutirão de atendimento ao eleitor tem a importante parceria do Serviço Social do Comércio (SESC), TJAC, Iteracre e Fundação Elias Mansour.

Regularização

Até 8 de maio é possível resolver pendências com a Justiça Eleitoral, inclusive quitar multas decorrentes de ausências às eleições anteriores. Eleitoras e eleitores que tiveram títulos cancelados por não votarem em três pleitos consecutivos também devem regularizar a situação dentro do prazo.

É importante ressaltar que o dia 8 de maio também é a data-limite para outras ações como transferir o domicílio eleitoral; e revisar dados eleitorais, como a inclusão do nome social ou a mudança do local de votação dentro do município.

 

Últimas