sábado, 24 maio 2024

Qual o maior jogo do mundo? 15 games que levam mais de 100 horas para zerar

Tech Tudo

Jogos muito grandes, com mais de 100 horas de duração, têm sido algo comum no mercado de games. Títulos mais recentes têm trazido bastantes horas de gameplay, aumentando o tempo de jogabilidade do usuário, seja para terminar a campanha principal ou para curtir todo o conteúdo disponível.

Alguns jogos de ação entram nesse bolo, como Cyberpunk 2077 e Red Dead Redemption 2 , mas essa é uma categoria dominada por RPGs, como The Elder Scrolls 5: Skyrim, Persona 5 Royal e Baldur’s Gate 3, entre outros. Separamos, a seguir, uma lista com 15 títulos longos que podem levar mais de 100 horas para terminar.

As médias de tempo para terminar o jogo e completar todo o seu conteúdo são informações do site HowLongToBeat, que reúne dados de vários usuários para tentar chegar a um consenso de quanto tempo leva para terminar um game. As experiências dos usuários a depender do ritmo, como jogar de maneira apressada ou relaxada, aproveitando cada detalhe. Os games não estão organizados simplesmente por quantidade de horas, mas também levando em consideração a qualidade do tempo de jogo que eles oferecerão durante essas mais de 100 horas.

15. Cyberpunk 2077 (PS5, XBSX/S, PS4, XB, PC) – 104 horas

O RPG futurista com elementos de FPS oferece um grande mundo para os jogadores explorarem no papel do mercenário V, personagem que pode começar a partir de três origens diferentes que afetam sua experiência de jogo. Jogadores interessados em terminar apenas a campanha, focando nas missões principais, podem terminar o jogo em apenas 25 horas.

No entanto, ao embarcar no submundo de Night City e suas missões paralelas, há mais de 100 horas de extras esperando pelo usuário. O game ainda recebeu uma expansão paga Cyberpunk 2077: Phantom Liberty que adiciona mais 30 horas de conteúdo para terminar tudo.

Após um lançamento conturbado Cyberpunk 2077 oferece uma aventura de longa duração e ainda conta com seu DLC Phantom Liberty — Foto: Divulgação/CDPR
Após um lançamento conturbado Cyberpunk 2077 oferece uma aventura de longa duração e ainda conta com seu DLC Phantom Liberty — Foto: Divulgação/CDPR

14. Like a Dragon: Infinite Wealth (PS5, XBSX/S, PS4, XB, PC) – 112 horas

O mais novo game da saga de RPG Yakuza da Sega, agora chamada de “Like a Dragon”, oferece uma grande aventura com seu novo protagonistas Ichiban Kasuga de Yakuza: Like a Dragon e também o retorno de Kazuma Kiryu, personagem principal dos títulos anteriores. Os jogos da saga são conhecidos por sua longa duração e apenas para terminar a campanha será preciso investir por volta de 57 horas nas missões principais e batalhas em turnos.

Fora do conteúdo principal, no entanto, há diversos locais para explorar no mapa do game no Havaí e várias atividades secundárias para realizar, como missões paralelas e minigames, para não mencionar fliperamas antigos da Sega como Sega Bass Fishing e Virtua Fighter 3tb.

Like a Dragon: Infinite Wealth é um RPG com batalhas em turnos e uma enorme quantidade de atividades secundárias como em outros games da série Yakuza — Foto: Divulgação/Sega
Like a Dragon: Infinite Wealth é um RPG com batalhas em turnos e uma enorme quantidade de atividades secundárias como em outros games da série Yakuza — Foto: Divulgação/Sega

13. Fallout 4: Game of the Year Edition (PS5, XBSX/S, PS4, XB, PC) – 211 horas

Mais uma série conhecida por oferecer muito conteúdo para explorar é Fallout, da produtora Bethesda, disponível nos consoles atuais com Fallout 4: Game of the Year Edition que traz conteúdos extras. O game se passa em um mundo aberto pós-apocalíptico no qual o mundo foi destruído por armas nucleares e os jogadores são sobreviventes em abrigos e retornam à superfície pela primeira vez após muitos anos.

Jogadores que seguirem a campanha principal podem terminar o jogo em 33 horas, porém Fallout 4 oferece muitas áreas para explorar, missões paralelas, facções para se unir e mais. Usuários terão também a capacidade de criar e defender sua própria cidade podendo recrutar sobreviventes e posicionar objetos para personalizar o local.

Fallout 4 oferece um mundo aberto cheio de mistérios para desvendar e com várias possibilidades em sua história — Foto: Divulgação/Bethesda
Fallout 4 oferece um mundo aberto cheio de mistérios para desvendar e com várias possibilidades em sua história — Foto: Divulgação/Bethesd

12. The Witcher 3: Wild Hunt – Complete Edition (PS5, XBSX/S, PS4, XB, SW, PC) – 189 horas

O segundo game da produtora CD Projekt Red na lista, The Witcher 3: Wild Hunt é provavelmente o game mais conhecido do estúdio e teve uma versão Complete Edition lançada que inclui suas expansões Hearts of Stone e Blood and Wine, que adicionam mais de 50 horas ao game. A história do jogo conta sobre Geralt, um caçador de monstros membro de uma raça que é rejeitada pela sociedade.

Ele procura incansavelmente por sua filha adotiva Ciri antes que uma força sobrenatural chamada “Caçada Selvagem” a encontre antes dele. A campanha principal do jogo pode ser terminada em 56 horas, mas há muitos monstros a mais para caçar e missões para realizar tanto no jogo base quanto nas expansões.

The Witcher 3: Wild Hunt - Complete Edition ainda é um dos melhores games dos consoles e PC, além de ser duradouro — Foto: Divulgação/Xbox
The Witcher 3: Wild Hunt – Complete Edition ainda é um dos melhores games dos consoles e PC, além de ser duradouro — Foto: Divulgação/Xbox

11. Monster Hunter: World (PS4, XB, PC) – 405 horas

A franquia de caçadas de monstros da Capcom também é bastante conhecida por oferecer centenas de horas de entretenimento para aqueles que curtem seu modelo. Monster Hunter: World, assim como outros games da série, é um RPG em que jogadores podem caçar grandes monstros que agem como chefões, com padrões de ataque e pontos fracos, mas com o diferencial que não há pontos de experiência.

A progressão de seu personagem é realizada através de novas armas e armaduras feitas a partir de partes obtidas de monstros. Apesar de poder ser jogado sozinho com uma campanha de 47 horas, o foco do game está no multiplayer online no qual até quatro caçadores podem se unir para derrubar as mais terríveis bestas.

Em Monster Hunter: World jogadores podem caçar grandes bestas, tanto sozinhos quanto com a ajuda de amigos — Foto: Divulgação/Capcom
Em Monster Hunter: World jogadores podem caçar grandes bestas, tanto sozinhos quanto com a ajuda de amigos — Foto: Divulgação/Capcom

10. Red Dead Redemption 2 (PS4, XB, PC) – 184 horas

Uma produtora que é conhecida pela incrível duração de seus títulos é a Rockstar Games, responsável por jogos como GTA 5 e o futuro GTA 6. Red Dead Redemption 2 é o mais recente game da empresa que conta a história de Arthur Morgan, um fora da lei no Velho Oeste que faz parte da gangue Van der Linde, como se fosse uma família.

Assim como em GTA 5, os jogadores podem esperar por um mundo aberto riquíssimo e cheio de detalhes com uma campanha de pelo menos 50 horas e muitas atividades secundárias como caça, pescaria, perseguições de bandidos e missões paralelas. Tudo isso sem mencionar o modo multiplayer Red Dead Online que conta com ainda mais conteúdo para aproveitar com amigos.

Red Dead Redemption 2 é facilmente o jogo mais incrível de Velho Oeste disponível no mercado com quantidades absurdas de conteúdo espalhadas pelo seu mundo aberto, assim como em GTA 5 — Foto: Reprodução/Rockstar Games
Red Dead Redemption 2 é facilmente o jogo mais incrível de Velho Oeste disponível no mercado com quantidades absurdas de conteúdo espalhadas pelo seu mundo aberto, assim como em GTA 5 — Foto: Reprodução/Rockstar Games

9. Kingdom Come: Deliverance(PS4, XB, SW, PC) – 129 horas

Neste RPG medieval de mundo aberto os jogadores podem encontrar uma versão historicamente mais precisa da época em uma história de guerra civil, sobrevivência e vingança. O enredo segue Henry, filho de um ferreiro que vê seu vilarejo em Boêmia, na Europa, ser invadido e destruído. Após fugir, ele precisa aprender a empunhar sua espada e encontrar uma forma de vingar a morte de seus pais e derrotar os invasores.

Kingdom Come: Deliverance chama atenção pelo seu realismo com uma gameplay em primeira pessoa com combates difíceis de dominar e que mostram questões da época, como armaduras que reduzem seu campo de visão. Jogadores podem levar até 41 horas para terminar a campanha, mas há muito conteúdo a mais para ver e o game pode ser um pouco punitivo, estendendo o tempo para alcançar seus objetivos.

Kingdom Come: Deliverance é um RPG que apresenta uma versão mais realista dos tempos medievais — Foto: Divulgação/Warhorse Studios
Kingdom Come: Deliverance é um RPG que apresenta uma versão mais realista dos tempos medievais — Foto: Divulgação/Warhorse Studios

8. Death Stranding (PS5, PS4, iOS, PC, Mac) – 113 horas

O inusitado game de mundo aberto do designer Hideo Kojima, conhecido pela série Metal Gear Solid, traz uma jogabilidade incomum em que os desafios a serem superados são geográficos conforme o usuário tenta atravessar terrenos de difícil acesso. A história do game acompanha Sam Porter, um entregador em um mundo pós-apocalíptico em que a sociedade vive em pequenas cidades isoladas devido a seres invisíveis chamados B.T. que causam grandes explosões ao tocar em alguém. A missão de Sam é visitar cada uma dessas comunidades e conectá-las a uma grande rede encarando grandes montanhas, rios, neve e mais, com ferramentas como cordas, escadas, entre outras.

A campanha pode ser terminada em 40 horas, mas há muito conteúdo extra para completar, como construir estradas e construções que ajudem no transporte para auxiliar outros jogadores. Curiosamente a versão Death Stranding Director’s Cut pode ser terminada mais rápido, pois apesar de ter conteúdo extra oferece também mais opções de transporte para Sam e sua carga que podem acelerar seu progresso.

Death Stranding é um jogo diferente dos outros por oferece desafios geográficos como principal obstáculo — Foto: Divulgação/Sony
Death Stranding é um jogo diferente dos outros por oferece desafios geográficos como principal obstáculo — Foto: Divulgação/Sony

7. Persona 5 Royal (PS5, XBSX/S, PS4, XB, SW, PC) – 142 horas

A série Persona da Atlus ganhou fama por oferecer experiências de RPG complexas cuja própria campanha pode levar 100 horas para terminar — ou até mais a depender do ritmo do jogador. Vale apontar que os enredos de cada episódio da série são independentes e não é preciso conhecer os anteriores para se aventurar nesse. Em Persona 5 Royal é mostrada a história dos “Phantom Thieves of Hearts”, um grupo de “ladrões” que entra no subconsciente de criminosos e pessoas de má índole usando o poder sobrenatural Persona e rouba seus “corações” para que possam confessar suas ações e se redimir.

O game é um longo RPG que mescla trechos de exploração e combates em turnos com um simulador de vida escolar no qual o jogador precisa desenvolver laços de amizade e até romance com outros personagens. Há ainda um sistema para criar novas Personas ao convencer inimigos a se juntar a sua causa e fundi-los com outras criaturas no qual usuários podem levar várias horas até conseguir suas Personas ideais. A edição Royal inclui ainda conteúdos extras em relação ao Persona 5 tradicional.

Persona 5 Royal é um RPG que mistura elementos de simulador de vida com exploração e batalhas em uma campanha de mais de 100 horas — Foto: Reprodução/Microsoft Store
Persona 5 Royal é um RPG que mistura elementos de simulador de vida com exploração e batalhas em uma campanha de mais de 100 horas — Foto: Reprodução/Microsoft Store

6. The Elder Scrolls 5: Skyrim – Anniversary Edition (PS5, XBSX/S, PS4, XB, SW, PC) – 146 horas

Um dos jogos mais conhecidos no quesito duração, The Elder Scrolls 5: Skyrim foi lançado originalmente em 2011 e já teve várias versões relançadas com mais conteúdo e melhorias — com a mais recente delas sendo a Anniversary Edition. Em The Elder Scrolls V: Skyrim jogadores começam como um prisioneiro sem nome que descobre ser o escolhido Dragonborn, que deverá enfrentar o dragão Alduin para impedir o fim do mundo em uma campanha de pelo menos 33 horas.

A gameplay de RPG de mundo aberto em primeira pessoa se tornou uma das mais famosas da indústria e serviu de molde para vários outros títulos, oferecendo uma grande quantidade de locais para explorar e missões paralelas que podem levar o jogador a locais que nunca imaginariam que existia no jogo até encontrá-los. Esta versão conta ainda com o conteúdo de três expansões: Dawnguard, Hearthfire e Dragonborn.

Não há como errar com The Elder Scrolls V: Skyrim - Anniversary Edition, um dos RPGs de mundo aberto mais populares e que serviu de molde para vários outros — Foto: Divulgação/Bethesda
Não há como errar com The Elder Scrolls V: Skyrim – Anniversary Edition, um dos RPGs de mundo aberto mais populares e que serviu de molde para vários outros — Foto: Divulgação/Bethesda

5. Final Fantasy XIV: Complete Edition (PS5, XBSX/S, PS4, PC, Mac) – 246 horas

Para fãs de MMORPG uma das melhores escolhas atualmente é Final Fantasy XIV: Complete Edition, uma aventura online que está entre as preferidas de jogadores do gênero. O game permite criar seu próprio personagem com várias opções de personalização e classe para se tornar o Guerreiro da Luz que protegerá o reino de Eorzea através de missões e batalhas. Um ponto interessante é que por ser um MMORPG é possível jogar com amigos cooperativamente, mas FFXIV tem também um sistema de personagens de apoio para usuários que preferem jogar sozinhos.

A estimativa de 246 horas é apenas o começo para encarar o jogo base Final Fantasy XIV: A Realm Reborn. Cada expansão incluída na Complete Edition adiciona dezena de horas de conteúdo extra como: Heavensward (92h), Stormblood (95h), Shadowbringers (102h) e Endwalker (78h). O game é gratuito para experimentar até o nível 70, onde há bastante conteúdo, mas após esse limite é preciso pagar uma taxa mensal para jogá-lo. O título também chegou recentemente aos consoles Xbox.

Final Fantasy XIV: A Realm Reborn é um dos MMORPGs mais recomendados do mercado atualmente com muito conteúdo e a possibilidade de jogar sozinho — Foto: Reprodução/Xbox Wire
Final Fantasy XIV: A Realm Reborn é um dos MMORPGs mais recomendados do mercado atualmente com muito conteúdo e a possibilidade de jogar sozinho — Foto: Reprodução/Xbox Wire

4. Mass Effect Legendary Edition (PS4, XB, PC) – 142 horas

A clássica trilogia Mass Effect foi relançada no PlayStation 4 (PS4), Xbox One (jogável pela retrocompatibilidade no PS5, Xbox Series X e Xbox Series S) e PC (Steam e Epic Games Store) com três jogos incríveis que contam sobre uma grande guerra espacial. O protagonista, Comandante Shepard, é controlado pelo jogador em sua versão masculina ou feminina enquanto lidera uma grande empreitada contra uma raça alienígena chamada de Reapers que deseja destruir outras formas de vida.

Através dos três jogos, os usuários irão erguer um exército por todo o universo formando alianças e ajudando a combater ameaças alienígenas em combates com uma gameplay que mistura elementos de RPG e tiro em terceira pessoa. As decisões tomadas em cada um dos jogos ainda terão ramificações nos outros games através de um sistema de transferência de saves. As campanhas podem ser terminadas em 17 horas no primeiro jogo e em 24 horas para cada sequência Mass Effect 2 e Mass Effect 3.

Mass Effect: Legendary Edition permite que jogadores revisitem ou conheçam pela primeira vez a trilogia de RPGs espaciais — Foto: Reprodução/Steam
Mass Effect: Legendary Edition permite que jogadores revisitem ou conheçam pela primeira vez a trilogia de RPGs espaciais — Foto: Reprodução/Steam

3. Assassin’s Creed Valhalla (PS5, XBSX/S, PS4, XB, PC) – 145 horas

A série de assassinos em mundo aberto da Ubisoft é sempre lembrada por jogadores por oferecer uma grande quantidade de atividades e um mapa repleto de pontos de interesse para explorar e coletar itens. Assassin’s Creed Valhalla leva jogadores para a antiga Inglaterra no papel do viking Eivor, em versão masculina ou feminina, enquanto ele tenta formar um assentamento para manter seu povo seguro e enfrentar inimigos da ordem.

A campanha do jogo oferece por volta de 61 horas de gameplay que envolve exploração, inclusive naval, e violentos combates vikings que trazem elementos de ação e RPG, introduzidos à série por Assassin’s Creed: Origins. Jogadores também precisarão cuidar de seu assentamento, semelhante a Red Dead Redemption 2 .

Assassin's Creed Valhalla conta a história de Eivor que tenta encontrar um local seguro para seu povo enquanto explora um grande mundo aberto — Foto: Reprodução/PlayStation
Assassin’s Creed Valhalla conta a história de Eivor que tenta encontrar um local seguro para seu povo enquanto explora um grande mundo aberto — Foto: Reprodução/PlayStation

2. Elden Ring (PS5, XBSX/S, PS4, XB, PC) – 132 horas

O desafiador game da produtora From Software inovou ao trazer a gameplay e estilo de títulos como Dark Souls I e Sekiro: Shadows Die Twice para um grande mundo aberto. Elden Ring é o tipo de game com um mapa riquíssimo em que cada canto inesperado da aventura há surpresas e recompensas esperando pelo jogador. Os combates têm maior foco em ação, como saber quando atacar, que tipo de equipamentos usar e decorar os movimentos de chefões para tentar escapar deles, porém sua progressão depende principalmente de elementos de RPG.

A campanha de Elden Ring pode ser terminada em aproximadamente 59 horas, estimativa de duração que pode variar bastante para cada usuário devido ao alto nível de desafio do jogo. O tempo de gameplay oferecida pelo jogo deverá aumentar ainda mais em 20 de junho quando chegar a DLC Shadow of the Erdtree.

Elden Ring é um jogo de ação e RPG no qual jogadores podem explorar um grande mundo aberto com um gameplay estilo Dark Souls — Foto: Divulgação/From Software
Elden Ring é um jogo de ação e RPG no qual jogadores podem explorar um grande mundo aberto com um gameplay estilo Dark Souls — Foto: Divulgação/From Software

1. Baldur’s Gate 3 (PS5, XBSX/S, PC) – 157 horas

O game baseado no RPG de mesa Dungeons & Dragons se tornou a maior sensação do mundo dos jogos nos últimos anos apresentando uma aventura incrivelmente flexível e cheia de ramificações que permite que os usuários resolvam problemas de várias formas diferentes. Baldur’s Gate 3 possibilita que o usuário crie seu próprio herói e seja o responsável por evitar uma invasão de parasitas mentais nos Reinos Esquecidos (Forgotten Realms), porém, durante o jogo, é possível também obedecer e se aliar aos parasitas.

Baldur’s Gate 3 acompanha a ação à distância com visual isométrico e traz batalhas tradicionais em turnos de acordo com as regras de Dungeons & Dragons 5ª Edição, além de incluir suporte a multiplayer. A campanha pode ser terminada em 64 horas, mas há muito mais para ver no jogo em seu mundo cheio de reviravoltas, segredos e possibilidades fora do comum.

Baldur's Gate 3 é um incrível game de RPG com um enredo repleto de ramificações e gameplay que permite buscar várias soluções para problemas — Foto: Reprodução/Steam
Baldur’s Gate 3 é um incrível game de RPG com um enredo repleto de ramificações e gameplay que permite buscar várias soluções para problemas — Foto: Reprodução/Steam

Últimas