Mulher pula na frente de moto e morre minutos depois no PS de Rio Branco

Uma mulher ainda não identificada, que supostamente seja uma “andarilha”, morreu após se jogar na frente de uma motocicleta na noite de sexta-feira (16), ao tentar cruzar a BR-364, no km 2, próximo à ponte do Igarapé Judia, no bairro Belo Jardim 1, na região do Segundo Distrito de Rio Branco. O motociclista Francisco da Silva Carneiro, de 40 anos, também ficou ferido.

Segundo informações das autoridades de trânsito, Francisco trafegava em uma motocicleta no sentido Porto Velho/Rio Branco, quando a mulher atravessou a primeira parte da pista contrária e pulou por cima da mureta de ferro, se jogou para a pista onde o motociclista trafegava e caiu na frente da moto de Francisco.

Com a força do impacto, a mulher foi arremessada por vários metros contra o asfalto e bateu a cabeça violentamente, ficando desacordada. Francisco também chegou a cair da moto e ficou com várias escoriações pelo corpo.

Populares encontraram as vítimas caídas e prestaram os primeiros socorros na tentativa de salvar a vida da mulhere acionaram a polícia e uma ambulância.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) enviou uma ambulância de suporte básico, que prestou os primeiros atendimentos e, em seguida, uma ambulância de suporte avançado foi solicitada para prestar os atendimentos avançados à mulher, que depois da intervenção rápida e muita massagem cardíaca, foi declarada morta, porém, minutos depois voltou a ter os batimentos cardíacos e foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, em estado de saúde gravíssimo, onde minutos depois não resistiu e morreu, ainda durante a madrugada deste sábado (17). Francisco recebeu os cuidados necessários e foi liberado.

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame cadavérico.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e fez o isolamento para os trabalhos da perícia. A estrada foi parcialmente fechada durante o acidente, mas foi liberada depois da perícia.

O laudo da perícia ficará pronto em 30 dias e dirá qual das duas pessoas causou o acidente.

FONTE: CONTILNET NOTÍCIAS

Últimas