Príncipe Harry quebra o silêncio após ter sido detonado por atletas

É a primeira vez que o príncipe Harry fala desde a polêmica do prêmio esportivo

O príncipe Harry quebrou o silêncio após ter recebido uma enxurrada de comentários negativos por aceitar ganhar o Prêmio Pat Tillman, criado pela emissora esportiva ESPN. A condecoração ESPY Awards está prevista para ocorrer nesta quinta-feira (11/7), em Los Angeles, nos EUA.

É a primeira vez que Harry fala desde a polêmica. Conforme o pronunciamento de alguns atletas e da mãe de Pat Tillman — ex-jogador da NFL e militar do Exército norte-americano —, o príncipe não deveria ser condecorado.

Max Mumby/Indigo/Getty Images

Contrários à indicação do duque de Sussex criaram até uma petição on-line para que os organizadores da premiação repensassem a homenagem.

Em comunicado oficial, Harry preferiu fugir de “tretas” e não fez qualquer menção sobre as críticas recebidas. Na mensagem, ele parabenizou os atletas que representarão o time do Reino Unido nos Jogos Invictus 2026, que serão realizados no Canadá.

O príncipe foi quem idealizou o evento esportivo internacional voltado a soldados e veteranos de guerra feridos e com algum tipo de deficiência.

“Parabéns aos selecionados para a equipe do Reino Unido para nossos primeiros Jogos Invictus de Inverno em Vancouver Whistler, em fevereiro próximo”, iniciou o príncipe. Ele prosseguiu: “A equipe do Reino Unido se juntará a mais de 500 competidores de 20 países neste evento inovador que expande o alcance e o perfil dos esportes adaptados de inverno”.

Os Jogos Invictus costumam ter duração de uma semana. Entre as modalidades disputadas pelos atletas, estão basquete em cadeira de rodas, vôlei sentado, natação, snowboard, remo indoor e rúgbi em cadeira de rodas. A primeira edição da competição ocorreu em 2014 em Londres.

 

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas