Netflix é detonada após grave denúncia de Ingrid no Casamento às Cegas

Netflix foi alvo de críticas pela forma como conduziu o Reencontro da 4ª edição de Casamento às Cegas, que contou com forte relato de Ingrid

O relato de Ingrid Santa Rita sobre o seu relacionamento com Leandro Marçal, durante o Reencontro do Casamento às Cegas 4, divulgado nesta quarta-feira (10/7), causou forte comoção nas redes sociais. Responsável pela produção do reality show, a Netflix foi alvo de críticas pela forma com que conduziu o tema, considerado um gatilho para várias pessoas.

No programa, Ingrid sugeriu ter sido vítima de abuso sexual por parte de Leandro, com quem se casou no último episódio do reality show. Ela afirma que ele quis resolver seu problema de disfunção erétil sozinho por “ego” e tentou levar o relacionamento de forma “suja”.

“No dia em que as minhas filhas me encontraram no chão tendo uma crise de pânico pedindo pelo amor de Deus para você não tocar no meu corpo, eu pedi para você não me tocar. Eu pedi mais de uma vez, Leandro, para você não me tocar e você não me respeitava. Você não me ouvia. Você queria resolver seu problema erétil com você. Era o teu ego. Eram suas mentiras. Porque você só queria manter aquele casamento da sua forma suja e imunda”, disse Ingrid, chorando.

Netflix recebe críticas

No X, antigo Twitter, internautas alegaram que a Netflix lidou mal com o desabafo de Ingrid. Após a fala da participante, ela se retirou do Reencontro, assim como Leandro, e o assunto não foi mais abordado pelos apresentadores.

“Quanto mais a gente pensa aqui em casa, mais percebe o quanto a Netflix lidou MUITO MAL com a denúncia da Ingrid no reencontro de Casamento às Cegas 4. Pavoroso!”, disse uma internauta no X, antigo Twitter.

“Pensando aqui no caso do Casamento às Cegas: a edição passa por muitas pessoas, a própria Netflix tem um jurídico. Ouvi várias pessoas falando que o programa é gravado um ano antes de ir pro ar. Como ninguém soube disso na época? Como deixaram ir pro ar?”, apontou outra.

Uma terceira ainda disse: “Não entendi a Netflix passar esse Reencontro com as falas de Ingrid como se isso fosse entretenimento. Se houve crime, não é na TV que se resolve, é na Justiça. Estou profundamente incomodada com o que assisti”.

Metrópoles tenta contato, desde a manhã desta quarta-feira, com a Netflix para esclarecer o assunto. Ainda não houve resposta, mas o espaço segue aberto para atualização.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas