Jogo político acreano: Marfisa Galvão, Petecão e o termômetro para as eleições de 2026

Confira mais detalhes na coluna Bastidores do Poder, do jornalista Samuel Willard

DEU MARFISA

Na noite desta quinta-feira (04), as especulações se confirmaram. Os dez partidos que apoiam a candidatura de Marcus Alexandre (MDB) à prefeitura da capital decidiram por Marfisa Galvão (PSD) como vice na chapa.

Marcus Alexandre, Marfisa e Petecão/Foto: Reprodução

TUDO OU NADA

A escolha de Marfisa deve-se às articulações do ex-marido, senador Sérgio Petecão, que também tenta emplacar Tota Filho como vice de Jéssica Sales. Se ambos vencerem nos maiores colégios eleitorais do Acre, Petecão sairá fortalecido para disputar a reeleição em 2026. Caso contrário, sairá em posição menos favorável do que em 2022, quando disputou o governo.

TERMÔMETRO

Assim podemos considerar as eleições municipais de 2024. Elas servirão de termômetro para as eleições estaduais de 2026. Quem for vitorioso nas alianças das eleições deste ano pode chegar em 2026 fortalecido e com moral. É o caso do prefeito Mazinho Serafim (PODEMOS). Mazinho é um político ferrenho e determinado. Assim, elegeu-se prefeito em 2016, reelegeu-se em 2020, e elegeu sua esposa deputada federal e seu então vice, Gilberto Lira (UB), deputado estadual em 2022. Se tiver sucesso elegendo seu sucessor para a prefeitura de Sena Madureira, Mazinho chegará em 2026 com grande força política.

PALANQUE DOS SONHOS

Fontes afirmam que, se tudo caminhar como o combinado, um pretenso pré-candidato a prefeito no interior poderá reunir em seu palanque nada menos que os três senadores do Acre. Será que teremos uma verdadeira constelação política na campanha deste ano? Quem sabe até o Papa não resolva aparecer, afinal, parece que este palanque terá espaço para todos os santos e pecadores!

JENILSON LEITE

O ex-deputado Jenilson Leite, que recentemente deixou o grupo do “Chame Chame”, agora se prepara para lançar sua pré-candidatura à prefeitura de Rio Branco. Para isso, foi a Brasília buscar o aval da cúpula nacional socialista. Se a candidatura se concretizar, ele enfrentará grandes alianças e estruturas robustas, mas não deve ser subestimado. Vale lembrar que, sozinho e sem apoio de aliados, Jenilson foi o terceiro mais votado para o Senado em 2022.

ARLENILSON VAI DE JOABE

Em exclusiva à nossa coluna, o deputado estadual Arlenilson Cunha (PL) confirmou seu apoio à pré-candidatura de Joabe Lira (UB). Arlenilson, que representa a categoria dos policiais penais, junta-se a um crescente grupo de apoiadores do ex-secretário de Bocalom.

ELITON CAVALCANTE

Eliton Cavalcante (PP), também vindo da categoria da polícia penal, é um dos aspirantes à Câmara Municipal de Rio Branco. Dentro do IAPEN, ele já ocupou diversos cargos importantes, como diretor do presídio, coordenador de segurança do Quinari, chefe do departamento de segurança e chefe da divisão de trabalho, produção e renda. Cavalcante fazia parte do grupo político que ajudou a eleger o deputado Arlenilson Cunha (PL), que também é policial penal.

RAILSON FERREIRA

Desde que foi anunciada sua pré-candidatura à prefeitura de Feijó, o delegado Railson Ferreira (REPUBLICANOS) têm sido motivo de preocupação para muitos. A discussão agora gira em torno do vice na chapa de Railson, que, em exclusiva à coluna, confirmou que o nome para vice pode ser indicado pelo MDB ou pelo PSD. Sua pré-candidatura tem ganhado apoio de diversos nomes proeminentes da política acreana. Figuras como os deputados federais Roberto Duarte (REPUBLICANOS) e Eduardo Veloso (UB), os deputados estaduais Pablo Bregense (PSD), Adailton Cruz (PSB), Clodoaldo Rodrigues (REPUBLICANOS) e também o senador Sérgio Petecão (PSD) já manifestaram apoio à pré-candidatura de Railson, além de outros nomes influentes que serão anunciados durante as convenções.

CLÁUDIO BRAGA

Outro nome forte e competitivo na disputa pela preferência do eleitor feijoense é o do ex-prefeito Cláudio Braga (PP). Contando com um apoio significativo, ele é respaldado pelo governador Gladson Cameli, pela vice-governadora Mailza, pelos deputados federais Socorro Neri (PP), Gerlen Diniz (PP), Antônia Lúcia (REP), e por nove vereadores. Além disso, Braga tem à sua disposição a estrutura da prefeitura, o que fortalece ainda mais sua posição na corrida eleitoral, aumentando suas chances de conquistar a confiança e o voto dos eleitores de Feijó.

FALANDO NA VICE-GOVERNADORA…

Engana-se quem pensava que a vice-governadora Mailza Assis (PP) permaneceria apenas no gabinete demandando. Ela tem feito sua parte, saindo para andanças em todo o Acre, principalmente agora que precisa estar fortalecida para a sucessão do fenômeno Gladson Cameli. Mailza esteve nos últimos dias no Vale do Juruá, inaugurando obras de suas emendas enquanto senadora e fortalecendo a parceria com os prefeitos progressistas de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, e de Marechal Thaumaturgo, Valdelio Furtado, que sempre contaram com seu apoio e continuarão a contar este ano. Ela é bem conhecida no meio político por sua fidelidade partidária.

AGORA É PRA VALER!

As movimentações das chapas concorrentes à prefeitura de Feijó estão a todo vapor. O ex-deputado Cadmiel Bonfim, por exemplo, já deixou o cargo no Grupo de Direção e Assessoramento Especial no governo e está oficialmente em pré-campanha.

TERRA DA POLÍTICA

Se pensam que a disputa será acirrada em Feijó, ainda não viram as articulações em Tarauacá. Conhecida por exportar grandes nomes da política acreana como a deputada federal Socorro Neri (PP) e o ex-deputado federal Moisés Diniz, Tarauacá também é conhecida por sua fervorosa política. Não será diferente nas eleições de 2024, onde a atual prefeita, Maria Lucinéia (PDT), busca a reeleição e o ex-prefeito Rodrigo Damasceno (PP) tenta um retorno reunindo ex-adversários em uma aliança para derrotar a prefeita nas urnas.

RORAIMA ROCHA

Na quinta-feira (04), o advogado Roraima Rocha tomou posse como membro do Conselho Seccional da OAB/AC. Com mais de 10 anos de experiência na esfera pública, ocupando cargos como Assessor Especial na Prefeitura de Rio Branco, Assessor Parlamentar na Câmara dos Deputados, Chefe de Gabinete da Vice-Presidência da Câmara de Vereadores de Rio Branco e Assessor Jurídico da Fundação Elias Mansour, Roraima é atualmente sócio do escritório de advocacia, focando nas áreas trabalhista, administrativa e criminal. Além disso, é membro da Comissão de Direito Criminal da OAB/AC e atua como Assessor da Secretaria de Governo, prestando suporte ao Vice-Líder do Governo na Assembleia Legislativa do Acre, Deputado Eduardo Ribeiro.

CORREÇÃO

Na coluna de ontem (04), informei que a pré-candidata a vereadora em Sena Madureira, Lays Mayra (PSD), era assistente social. Na verdade, ela é psicóloga. Correção feita.

ROMILDO MAGALHÃES

O ex-governador do Acre, Romildo Magalhães, encontra-se em estado delicado de saúde e está internado na UTI do Hospital Santa Juliana. Romildo, que foi prefeito de Feijó e tornou-se governador do Acre em 17 de maio de 1992, após o assassinato do então governador Edmundo Pinto, está recebendo tratamento intensivo. A coluna deseja melhoras e espera sua recuperação.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas