Arce vence! atual presidente da Bolívia resiste a tentativa de golpe e Exército recua; VEJA

Os lideres das três entidades das forças armadas foram trocados em meio ao golpe frustrado

Os militares deixaram a praça Murillo, em La Paz, na Bolívia, após tentativa de golpe na capital do país. O embaixador do Brasil no país, Luiz Henrique Sobreira, confirmou o recuo das forças militares.

O presidente do país, Luiz Arce, saiu do palácio, o mesmo que eos militares tentaram invadir, e ordenou ao general Zuñiga retirassem as tropas. Arce trocou o comando das três forças armadas do país após o ato.

Arce enfrentou Zuñigam, que se retirou da praça logo em seguida/ Foto: Reprodução

“A praça esteve ocupada hoje praticamente toda a tarde por tropas do Exército. Agora, quando o presidente Arce decidiu substituir os comandantes das três forças armadas, o novo comandante do Exército fez um apelo veemente para que as tropas que se encontrassem fora dos quarteis retornassem aos quarteis”, disse o embaixador brasileiro na Bolívia à Globonews.

A ordem do novo comandante das forças armadas para que as tropas recuassem foi acatada.

“Já não há tropas mais na praça Murillo. Há, sim, uma multidão de pessoas do povo que foram prestar solidariedade ao presidente que, neste momento, se encontra na praça, no meio da praça, junto com o vice-presidente e está se dirigindo ao povo que se encontra lá para apoiá-lo”, confirmou.

O embaixador afirma ainda que a tentativa de golpe foi fracassada e que não haviam tensões que indicassem uma mobilização do tipo. “Essa movimentação foi totalmente surpreendente, ninguém esperava isso. Sinceramente falando, ninguém esperava”, encerra o embaixador.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas