Sejusp inicia segunda etapa de operação contra queimadas no Acre; veja matéria completa

As operações envolvem a Sejusp, Polícia Militar, Bombeiros e vários institutos em parceria

A Operação Protetor dos Biomas, iniciada nesta quarta-feira (26) pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), visa prevenir incêndios e combater crimes ambientais em todo o território do Acre.

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, a operação integra esforços para enfrentar desmatamentos ilegais, queimadas e outros danos ao meio ambiente em todos os biomas do Brasil.

Os Bombeiros irão atuar em conjunto à Polícia Militar na Operação/ Foto: Dhárcules Pinheiro/Asscom Sejusp

A vice-governadora Mailza Assis enfatizou a importância das ações para proteger a Amazônia, destacando a necessidade de estratégias integradas para obter resultados eficazes.

O Coronel José Américo Gaia, à frente da Sejusp, ressaltou que a operação é parte de um plano abrangente que envolve diversas frentes de combate e suporte, incluindo patrulhamento ostensivo, policiamento ambiental e apoio comunitário.

Mailza afirma que a operação é de suma importância para a preservação do meio ambiente/Foto: Dhárcules Pinheiro/Asscom Sejusp

Aproximadamente 100 policiais militares e bombeiros estão mobilizados para as atividades preventivas e de fiscalização. O Coronel Charles Silva, comandante do Corpo de Bombeiros, sublinhou a importância das medidas preventivas diante das mudanças climáticas recentes, antecipando esforços para evitar o aumento dos incêndios florestais.

O coronel Charles Silva falou da importância de combater as alterações climáticas/Foto: Dhárcules Pinheiro/Asscom Sejusp

O Coronel Kleison Albuquerque, do batalhão de Policiamento Ambiental do Acre, destacou a cooperação entre órgãos estaduais e federais, que resultou em apreensões significativas e visitas estratégicas a comunidades rurais, comércios e escolas.

Parte dos equipamentos utilizados pelo corpo de bombeiros na primeira faze da operação/Foto: Dhárcules Pinheiro/ Asscom Sejusp

Desde o início da operação, foram apreendidos diversos materiais ilícitos, incluindo armas, veículos, motosserras, máquinas e madeira, além de animais em situação ilegal. A ação é realizada em parceria com o Grupo Especial em Fronteira (Gefron), Instituto do Meio Ambiente do Acre (Imac), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), demonstrando um esforço conjunto para a proteção ambiental e o combate ao crime.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas