Casal é levado à PF por suspeita de tráfico de crianças; certidões podem ter sido adulteradas

As crianças foram encaminhadas pela Polícia Federal para o Conselho Tutelar, onde receberão cuidados enquanto as investigações seguem

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou uma mulher e um homem no KM 115 da BR-364, na tarde da última segunda-feira (24), em  Rio Branco, que estavam transportando três crianças, com idades entre 4 e 5 anos.

As crianças não têm vínculo parental aparente e as certidões de nascimento apresentavam indícios de alterações, segundo a PRF.

A PRF fez a abordagem na BR-364/Foto: Ascom

Na abordagem, o homem e a mulher não conseguiram comprovar o parentesco ou tutela legal sobre as crianças. Segundo a polícia, as certidões de nascimento apresentadas levantaram suspeitas de falsificações.

Aos policiais, a mulher disse que a mãe das crianças havia pedido para que ela levasse os pequenos do Rio de Janeiro para  Rio Branco, capital do Acre. A PRF tentou contato com os pais das crianças, mas não obtiveram sucesso.

Diante da possibilidade de crime de tráfico de crianças, a mulher foi apresentada à Polícia Federal, a princípio por transporte irregular de crianças e adolescentes, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), além do uso de documentação falsa.

Já as crianças foram encaminhadas pela Polícia Federal para o Conselho Tutelar, onde receberão cuidados enquanto as investigações seguem.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas