Ufac decide continuar em greve enquanto outras universidades encerram paralisações; veja

Letícia Mamed, presidente da Adufac, destaca a importância do fortalecimento do sindicato e encoraja mais professores a se associarem a ele.

Os docentes da Universidade Federal do Acre (Ufac) se reuniram na sede da Associação dos Docentes de Universidade do Acre (Adufac) nesta terça-feira (25) para discutir o possível fim da greve na instituição.

Gerson Albuquerque, durante a leitura de documentos, enfatizou a necessidade de debater os orçamentos da Ufac e criticou a falta de investimentos em áreas como a pós-graduação, prevista para não receber recursos em 2024.

Assembleia aconteceu nesta terça-feira (25)/Foto: ContilNet

Raquel Ishii, uma das líderes do movimento, afirmou que a greve continuará, destacando que ainda há possibilidade de reajuste via PLN para 2024 e ressaltando que os problemas da Ufac não são de falta de verba, mas de gestão interna e distribuição justa dos recursos.

Letícia Mamed, presidente da Adufac, enfatizou a importância do fortalecimento do sindicato e incentivou mais professores a se sindicalizarem para fortalecer a causa.

Ufac mantém greve desde o mês de abril/Foto: Reprodução

Nacionalmente, a greve foi encerrada, mas a Ufac manterá a paralisação por questões locais não contempladas pelo movimento nacional.

A dissolução do Conselho Nacional de Greve deve ocorrer até 27 de junho, com as instituições se preparando para retornar às atividades até 3 de julho.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas