Advogado condenado a quase 4 anos de prisão por atropelamento de três pessoas; veja a matéria

Antônio Djan Melo foi sentenciado a três anos e sete meses em regime semiaberto, além do pagamento de multas.

Um advogado, Antônio Djan Melo, foi sentenciado pela 1ª Vara Criminal de Rio Branco por lesão corporal grave ao dirigir embriagado e ferir três pessoas em um acidente ocorrido em janeiro de 2021 na Avenida Getúlio Vargas, em Rio Branco.

Os laudos do corpo de delito revelaram que as vítimas foram feridas com gravidade/Foto: G1 Acre

Os laudos do corpo de delito confirmaram que as vítimas sofreram ferimentos graves. Segundo a acusação, na ocasião, o advogado estava sob forte influência de álcool, invadiu a contramão e atingiu duas pessoas que estavam em uma moto, além de uma terceira pessoa.

A juíza Ana Saboya observou que o réu é reincidente e possui histórico de comportamento inadequado. A pena aplicada inclui o pagamento de multa e três anos e sete meses de reclusão, em regime semiaberto. O advogado teve sua pena atenuada por ter confessado o crime na época.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas