Professores da Ufac convocam assembleias para deliberar sobre continuidade da greve

Greve dos professores em universidades é encerrada em todo o país

Apesar da decisão de finalizar a paralisação dos professores em instituições de ensino superior federais, a Universidade Federal do Acre (Ufac) ainda não chegou a uma resolução definitiva.

Na segunda-feira (24), ficou acordado que serão realizadas mais duas assembleias ao longo da semana para determinar se a greve será encerrada até 3 de julho.

Ufac mantém greve desde o mês de abril/Foto: Reprodução

“Na semana passada, os professores da Ufac optaram por manter a greve. Portanto, aguardaremos a próxima assembleia para avaliar a orientação nacional, que recomenda o fim coletivo até 3 de julho.

Na assembleia de quinta-feira, dia 20, os docentes da Ufac decidiram pela continuidade da greve, considerando que ainda há margem para disputas políticas pelo orçamento público”, explicou o Comando Local de Greve Docente.

Os docentes da Ufac têm programadas duas assembleias para discutir a decisão local: uma na terça-feira (25) e outra na quinta-feira (27).

“A Administração Superior da Ufac ainda não formalizou o acordo que aborda os consensos estabelecidos nas três primeiras reuniões da pauta local, que incluem garantias como alimentação, segurança e investigação de casos de assédio sexual. Além disso, não houve resposta sobre os demais pontos da pauta local”, destacou a representante do Comando de Greve em relação à ausência de um compromisso formal da reitora.

Em nível nacional, de acordo com o Metrópoles, professores do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) e parte dos técnicos-administrativos educacionais aceitaram a proposta do governo Lula (PT) para suas categorias.

Com isso, a greve, que já dura meses, está próxima de uma resolução.

O Sinasefe anunciou que a Plenária Nacional aprovou a proposta com 89 votos a favor, 15 contra e 6 abstenções. A paralisação será suspensa após a assinatura do acordo.

Enquanto isso, o Andes-SN ainda deve se posicionar sobre a proposta, enquanto a Fasubra Sindical optou por manter a greve.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas