Polícia captura 8 pessoas armadas que pretendiam se vingar após morte de faccionado

A ação teve início após a denúncia recebida pelo Grupamento Tático do 2° Batalhão

Em uma operação policial meticulosamente planejada, o 2º Batalhão da Polícia Militar conseguiu deter oito suspeitos, incluindo dois menores de idade, por posse ilegal de armas de fogo e tráfico de drogas, durante a madrugada deste domingo, 23, na Travessa Boa Esperança, situada no Bairro Vila Acre.

As armas foram apreendidas/Foto: ContilNet

A ação teve início após a denúncia recebida pelo Grupamento Tático do 2° Batalhão, que alertava sobre a presença de um grupo de homens reunidos em uma residência, envolvidos no tráfico de drogas e portando armas de fogo.

Com o apoio de outras viaturas policiais, os agentes realizaram a averiguação da denúncia. Após um cerco estratégico, os policiais se aproximaram da residência alvo e avistaram um dos suspeitos portando uma escopeta, além de outros indivíduos com drogas ilícitas, confirmando as informações recebidas e resultando na abordagem de todos os presentes.

Durante a busca na residência, foram encontradas duas armas de fogo: um revólver calibre .38 com 14 munições e uma escopeta calibre .12 com três munições, juntamente com 16 munições para pistola calibre 380, 80g de cocaína, 220g de crack, 03 envelopes de skunk, uma balança de precisão, dinheiro em espécie e aparelhos celulares.

Interrogados sobre a posse das armas e das substâncias ilícitas, os suspeitos alegaram que as armas eram para autodefesa e vingança pela morte de um membro da facção ocorrida recentemente no bairro Taquari, afirmando pertencer a uma organização criminosa. Quanto às drogas, justificaram a venda para obter lucro e se proteger de possíveis retaliações dos rivais.

Todos os detidos foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (DEFLA), juntamente com o material apreendido, para os procedimentos legais necessários.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas