José de Abreu debocha de Murilo Rosa: “Justiça vai julgar meu hálito”

Após se irritar com José de Abreu, Murilo Rosa revelou que vai processar o veterano por conta de uma foto publicada nas redes sociais

Após ser ameaçado de processo por Murilo Rosa, José de Abreu debochou da possível ação. Pelo Twitter, ele relembrou o pontapé inicial da polêmica, que foi uma fala de Maria Zilda sobre o seu hálito, e zombou do brasiliense.

“Murilo me processando, traz a Maria Zilda para o processo. As fotos estão na rede, ele quem postou. A Justiça brasileira vai dedicar seu tempo a julgar meu hálito. Interessante, meu dentista vai ficar mais famoso”, declarou Abreu.

Divulgação

Após ameaça de processo, José de Abreu ironiza: “Hálito maneiro”

José de Abreu está envolvido em uma polêmica daquelas com Murilo Rosa. O veterano teve o seu hálito detonado por Maria Zilda, em live com o brasiliense, e partiu para cima do colega de profissão.

Dessa vez, ele se defendeu das críticas e falou sobre o possível processo de Rosa.

“Epa! Estão ameaçando me processar por zoar os 6 a 1”, escreveu ele, em uma publicação sobre garrafas artísticas, fazendo referência à irritação de Murilo Rosa por conta de uma foto publicada por Abreu no dia em que o Vasco foi goleado pelo Flamengo.

Ele publicou a foto do ator com o filho menor de idade e do pai, que morreu em setembro do ano passado. O post foi excluído após críticas dos seguidores.

Na sequência, Abreu compartilhou a foto de pastilhas refrescantes e ironizou as falas sobre o seu hálito. “Pronto, já estou com o hálito maneiro. Mas o caráter de umas e outros não se resolve tão facilmente”, completou.

Entenda a treta que levou Murilo Rosa a processar José de Abreu

Murilo Rosa se revoltou com José de Abreu e revelou que vai processar o veterano.

Entretanto, essa treta começou durante uma live do brasiliense com Maria Zilda, tomou ares dramáticos após a goleada do Flamengo sobre o Vasco pelo Campeonato Brasileiro, no último domingo (2/6), e terminou com a promessa de ação na Justiça.

O pontapé da confusão aconteceu na quinta-feira (30/5). Zilda foi questionada se já tinha beijado alguém com bafo e citou Abreu, falando que ele ainda cheirava a cigarro, bebida e suor.

“Era uma coisa insuportável. Evidentemente, ele bebia. Era [cena] externa. Ele suado e já tinha o cheiro do suor, mais o [cheiro] do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável! O Zé [de Abreu] era um bicho”, declarou.

No Twitter, o veterano falou que Maria Zilda tinha traído o marido com ele e detonou Murilo Rosa. Ele chamou o colega de profissão de “merda” e falou que, “se ele fosse digno”, teria o defendido durante a live.

“Não é à toa que existe na Globo o verbo ‘murilar’, ou seja, agir como Murilo Rosa. E dele mais não falo, não merece”, declarou.

Após as falas de José de Abreu, Murilo Rosa relembrou uma briga que teve com o algoz nos bastidores da novela A Casa das Sete Mulheres.

“Lembro quando fui fazer essa linda minissérie e o momento em que, na sala de figurino, já no sul do país, nos Pampas, experimentei pela primeira vez a roupa do Corte Real… Bingo! Vestiu como uma luva”, disse.

Ele, entretanto, lembrou dos julgamentos que recebeu de Abreu. “Mas lembro também um olhar estranho vindo de um canto, atento, com um semblante cinzento e uma áurea negativa. Essa áurea, usando uma capa preta, nos acompanhou durante toda a filmagem…”, completou.

Murilo Rosa contextualiza o “murilar”

O ator contextualizou o verbo “murilar”, citado por Abreu.

“Estávamos focados em fazer o nosso melhor, em ir além, em ajudar, contribuir e superar… Jayme Monjardim criou um termo carinhoso e até hoje me pergunta ‘onde eu estou murilando’”, descreveu, relembrando as gravações da novela:

“Do Sul, lembro com carinho das terras onde cavalgávamos e lutávamos com maestria e habilidade. Mas o homem de capa preta não conseguia… Tentava, fingia”, continuou ele, revelando, enfim, a briga:

Por fim, Murilo Rosa comentou que José de Abreu foi tirar satisfação com ele.

“Corte Real teve seu momento apoteótico quando este senhor de capa preta chegou tarde, atrasado e nitidamente alterado, acusando o Corte Real de ‘roubar cenas’… Era a deixa esperada há tempos para o grande acerto com este homem do olhar invejoso. Ali, naquele camarim, quem viu, presenciou um rato se encolhendo em sua insignificância”, encerrou.

José de Abreu retruca

O veterano esperou até o último domingo (2/6) para criticar Murilo Rosa e veio após a goleada do Flamengo sobre o Vasco, time do brasiliense.

Abreu publicou uma foto do colega com a camisa do Vasco e ao lado do filho menor de idade e de seu pai, Odair Rosa, que morreu em setembro do ano passado.

Na publicação, ele tirou sarro da cara de Rosa. “Chupa, Murilo! Só porrada”, escreveu. Entretanto, após muitas críticas, Abreu apagou a foto. O veterano voltou a zombar do colega no Instagram, agora com uma foto do placar: “Murilo Rosa é vascaíno”.

Indignação de Murilo Rosa

Murilo Rosa se revoltou com Zé de Abreu e prometeu levar a briga pública à Justiça. Após troca de farpas, o veterano irritou o brasiliense ao publicar, no Twitter, uma foto dele com o pai, Odair Rosa, que faleceu em setembro de 2023, e o filho menor de idade.

“Caramba, o José de Abreu acaba de postar uma foto minha acompanhado do meu pai, que faleceu há oito meses, e do meu filho menor de idade. Isso é extremamente baixo e teve a clara intenção de me ofender, de me atacar usando minha família, os meus maiores afetos”, se revoltou.

O ator declarou que não vai revidar e que “para isso existe Justiça cível e criminal”. “O desrespeito com meu filho e com a minha dor da perda do meu pai é inaceitável. A sua resposta virá dos órgãos competentes em todas as esferas”, completou Murilo Rosa, classificando a situação como “inaceitável”.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas