Alan Rick é o segundo senador do Acre a se manifestar favorável à castração química de pedófilos

Terceiro senador, Sérgio Petecão, ainda não falou sobre o assunto: "vou continuar lutando para proteger a população vulnerável", diz Alan

Membro da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, o senador Alan Rick (UB-AC), justificou, na tarde desta terça-feira (4), com exclusividade ao ContilNet, seu voto de apoio ao projeto de lei que propõe castração química a criminosos acusados de pedofilia e outros crimes sexuais.

O projeto é de autoria do senador Styvenson Valentim (Podemos), um acreano de Rio Branco eleito pelo estado do Rio Grande do Norte, cuja proposta vem causando polêmica no país.

Alan Rick é o segundo senador pelo Acre a se manifestar favorável à proposta. O primeiro foi Marcio Bittar ( UB-AC).

O terceiro senador acreano, Sérgio Petecão, mesmo procurado pelo ContilNet, ainda não se manifestou sobre o assunto, até o fechamento desta reportagem. O espaço para ele segue em aberto.

Senador Alan Rick/Foto: ContilNet

Alan Rick disse ter votado favoravelmente à castração porque, segundo ele, “o projeto prevê o aumento de pena para os crimes de estupro e a estupro de vulnerável”.

A proposta, acrescentou o senador, “se coaduna com o que temos defendido: o endurecimento da legislação criminal.
O segundo ponto pelo qual ele votou a favor é que a medida teria se mostrado eficaz em países que a adotaram. “Estados Unidos, Canada, Áustria, Rússia, Suécia e Dinamarca são exemplos”, disse.

Alan Rick acrescentou que vai continuar no Senado “trabalhando pelo combate a crimes tão graves e para proteger a população vulnerável no nosso país”.

O projeto é relatado pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA) e seguirá para análise na Câmara dos Drputados se não houver recurso assinado por nove senadores para a votação em plenário. A tendência no Senado é pela aprovação na próxima votação, ainda sem data definida.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas