Após Trump ser condenado, Biden diz que “ninguém está acima da lei”

Além de afirmar que ninguém está acima da lei nos EUA, Biden negou ter envolvimento na condenação de Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que “ninguém está acima da lei” após Donald Trump ser condenado por fraude contábil nessa quinta-feira (30/5).

“O princípio americano de quem ninguém está acima da lei foi reafirmado”, disse Biden durante entrevista coletiva na Casa Branca nesta sexta-feira (31/5).

Além disso, o atual presidente dos EUA criticou a reação de Trump e seus apoiadores após a condenação. O empresário, assim como nomes ligados ao Partido Republicano, afirmou que a sentença foi manipulada e classificou a decisão como uma “fraude” com fins políticos.

“O júri ouviu cinco semanas de provas. E, após cuidadosa deliberação, o júri chegou a um veredito unânime. Eles consideraram Donald Trump culpado em todas as 34 acusações”, declarou Biden. “É perigoso, é irresponsável, alguém dizer que o julgamento foi fraudado só porque o veredito não lhe agrada”, acrescentou.

O presidente democrata ainda negou as acusações de que tivesse alguma influência no caso. Biden lembrou que o julgamento de Trump aconteceu na esfera estadual de Nova York, e não na federal. Portanto, não foi apresentado por sua administração.

Chip Somodevilla/Getty Images

Trump condenado

Na quinta-feira (30/5), o ex-presidente dos EUA Donald Trump foi declarado culpado em um caso de fraude contábil envolvendo a falsificação de registros para ocultar suborno dado a ex-atriz pornô Stormy Daniels.

Com isso, o magnata que concorre as eleições presidenciais deste ano foi o primeiro ex-presidente dos EUA a ser condenado criminalmente pela Justiça do país.

A pena de Trump ainda não foi definida, e deve ser decidida no próximo dia 11 de julho.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas