Anitta desabafa após entrevista polêmica: “Foi tão sexista”

A cantora deu a declaração para o portal Today, depois de ser questionada por um jornalista que só quis saber sobre sua vida sexual

Anitta contou qual foi a pior entrevista da sua vida. Durante conversa com o portal Today, a cantora falou ter se irritado com um jornalista, que só queria saber sobre sua vida íntima e particular. “Foi tão sexista”, alegou.

“Me desculpe se fiquei quieta. Acabei de voltar de uma das piores entrevistas de toda a minha carreira. Eles só queriam me perguntar sobre sexo, minha sexualidade, minha vida amorosa”, disse.

A Girl From Rio seguiu, explicando que o profissional insinuou que ela poderia ter sido uma das estrelas da Playboy, revista que publica mulheres nuas: “Foi tão sexista, como se estivéssemos presos no tempo há 20 anos”.

Larissa Macedo, seu nome de batismo, deu mais detalhes

“Eu criei um personagem que não passa por todas essas coisas, não tem essas grandes emoções, esse personagem que é invencível. E eu gosto disso. Eu acho legal, é importante”, encerrou.

Em outubro do ano passado, a moça explicou o porquê de ter virado uma outra pessoa após o assédio. “Foi quando eu inventei a persona Anitta. Eu era muito ingênua antes e criei uma outra personalidade diferente”, esclareceu ao podcast mexicano Roberto MTZ.

Estupro aos 14 anos

A musa já havia falado sobre o abuso, quando tinha 14 anos, em Anitta Made in Honório, da Netflix. “Ele estava muito nervoso, muito estressado, e eu estava com bastante medo das reações dele quando ele estava estressado, e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois”, falou emocionada, sem segurar o choro.

Ela continuou o relato: “Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei sim porque eu estava morrendo de medo do estresse dele.”

Na ocasião, Anitta esclareceu que quis parar o ato, sem sucesso. “Quando cheguei lá, eu realizei que não era certo eu fazer aquilo por medo nem nada. E falei que não queria mais. Mas ele não ouviu. Ele não falou nada. Só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e fiquei olhando pra cama cheia de sangue”, finalizou.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas