Falas de Gladson e Aberson dão esperanças para Marcus e MDB sobre uma possível aliança

O ex-prefeito Marcus Alexandre (MDB) já havia dito a coluna que só iria se pronunciar sobre a possível aliança entre Progressistas e o PL de Bocalom quando a chapa fosse oficialmente anunciada. Até então, ele entendia que tudo não passava de especulações.

O que foi comprovado nesta semana com o posicionamento do governador Gladson Cameli e do secretário de Educação, Aberson Carvalho, que preside a Executiva Municipal do Progressistas. Os dois deram a entender que ainda não há nada de concreto sobre a aliança entre Bocalom e Alysson Bestene.

“Eu só vou me manifestar quando for anunciado. Porque tem muita especulação. Eu tô seguindo minha caminhada. Eu tô muito grato ao povo de Rio Branco. Nossa campanha tem uma grande aceitação nos bairros”, disse Marcus na época.

A posição do governador deu esperanças ao MDB que ainda sonha com uma chapa Marcus Alexandre e Alysson de vice-prefeito. Cameli, inclusive, já informou que deverá conversar com Marcus e com Flaviano Melo nos próximos dias.

A espera de Alysson

Marcus e o MDB aguardam uma posição oficial do Progressistas para finalizar a chapa. Até lá, o cargo de vice-prefeito segue vago, na espera por Alysson.

Recuou

A posição do União Brasil fez com que Gladson recuasse e repensasse as estratégias em torno da disputa pela Prefeitura de Rio Branco.

Convicção

Por outro lado, o prefeito Tião Bocalom tem plena convicção de que terá Alysson como vice. Entretanto, ele deixou claro que essa é uma situação em que o União Brasil (detentor da indicação da vaga), precisa resolver com o Progressistas.

Ruim para todos

Esse chove não molha é prejudicial para todos os protagonistas nessa situação. A demora no ultimato de Gladson atrapalha o andamento das campanhas de Marcus e Bocalom, que ficam a mercê da escolha final do PP.

Vão precisar correr

A conclusão será só uma: ou Bocalom, ou Marcus, vão precisar definir os vices de última hora. Tudo isso depende da posição do Progressistas.

Decisão final

Aberson já deixou claro: a decisão final do Progressistas será dada pelo governador Gladson Cameli. Antes disso, tudo é especulação.

Larga na frente

Até lá, o único que segue tranquilo em relação ao vice é o deputado Emerson Jarude, que deve anunciar o nome escolhido nos próximos dias e já começar a pré-campanha com o parceiro de chapa. Larga bem na frente.

No jogo

Fontes do PSDB garantem que o partido terá candidato a prefeito em Rio Branco. O partido, inclusive, chegou a comunicar o Palácio que dependendo da decisão do Progressistas, Minoru Kinpara entraria no jogo.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas