Bombeiros encontram mulher soterrada há quase 20 dias no RS

O Corpo de Bombeiros localizou, nesta segunda-feira (20/5), o corpo soterrado de Natália Cobalchini no distrito de Faria Lemos, em Bento Gonçalves.

A advogada passou 18 dias desaparecida após deslizamentos de terra, provocados pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul, atingirem o município.

A informação foi confirmada pela irmã de Natália, Marina Cobalchini, por meio de uma publicação no Instagram.

“Encontramos nossa menina! Deus, eu sempre acreditei que isso seria possível! Obrigado meu pai! Te amamos pra sempre!”, escreveu Marina em uma publicação que trazia uma foto de Natália.

No começo de maio, Marina já havia enterrado seus pais, Artemio Cobalchini e Ivonete Cobalchini, também vítimas de desmoronamentos em Bento Gonçalves.

Desde o início das fortes chuvas no Rio Grande do Sul, o município localizado na Serra Gaúcha foi alvo de mais de cem deslizamentos de terra. Ao todo, os desastres deixaram nove mortos e cinco soterrados, com quatro pessoas ainda desaparecidas.

Segundo o último balanço da Defesa Civil do RS, 157 mortes foram registradas após o alto volume de água provocar enchentes e deslizamentos de terra no estado. A morte de Natália, no entanto, não constava nos últimos números divulgados por volta das 18h desta segunda.

Sobre

@2024 – Todos os direitos reservados. Hospedado e desenvolvido por RJ Sistemas