segunda-feira,20 maio 2024

Tião Maia: ministra do STJ jogou balde d’água no chopp do grupo que esperava a saída de Gladson

Tião Maia, ContilNet

A ministra Nancy Andrighi, que completa em outubro de 2024 seus 25 anos no exercício do cargo de ministra no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, nunca, talvez, decepcionou tantos políticos com o seu voto.

Relatora da ação proposta pelo Ministério Público Federal a partir da Operação Ptolomeu, no Acre, a ministra, apontada como implacável, negou o pedido do afastamento de Gladson Cameli do cargo e assim, acabou por jogar baldes de água no chopp de um grupelho de políticos retirados da vida pública pela autoridade do voto popular o qual estava pronto para festejar nas ruas de todo o Acre.

Sem ter o que eleitoralmente comemorar, tais grupelhos iriam à festa caso Gladson fosse afastado do cargo. Teriam, com isso, até discurso com o qual iriam tentar influir nas eleições municipais.

Mais que isso, alimentariam as esperanças de voltarem ao poder com seus  apetites vorazes em relação aos cofres públicos de um Estado assaltado ao tempo em que os chefes desses grupelhos mandavam e desmandavam no erário.

É certo que Gladson Cameli e o próprio Acre continuam sob observação em investigações em inquéritos do fim do mundo, como são chamados aqueles que parecem não acabar nunca. O que se espera é que, com a decisão de hoje, Gladon Cameli, que embora acusado e enxovalhado por esses grupos, jamais foi ouvido ou teve a chance de se defender de fato.

Para o acreano comum, este que vive de forma desinteressada e distante dos cofres públicos, o governador dos acreanos continua a gozar de prestígio e respeito. Que o digam as urnas de 2022.

Apesar de todas as dificuldades de governar um Estado pobre isolado, obras de grande envergadura, com a ajuda de senadores e de toda a bancada federal, vêm acontecendo, como é os casos das pontes de Sena Madureira, do Anel Viáro de Brasiléia e de outras marcantes há muito esperadas pela população.

Ponte Padre Paolino Baldassari/Foto: ContilNet

No entanto, a grande obra do atual Governo é no respeito à democracia e aos servidores públicos que a obra social do governo se faz notar. Gladson Cameli não hostiliza sequer os adversários, que o achincalham, e dá demonstrações de tolerância e de respeito ao contraditório, o que não é o caso dos que o condenam sem contemplação, sem provas e antes de a Justiça decidir.

Daí que aqueles que tinham uma festa pronta podem até ainda festejar, mas o chope está sem gosto. Vão continuar sentindo gosto de cabo de guarda-chuva na boca.

Últimas