segunda-feira,20 maio 2024

Pitbull de estimação é assassinado a tiros no Acre; dona do cachorro pede justiça nas redes; veja

Victor Manoel, ContilNet

Shangay, cachorro da raça pitbull, foi morto a tiros na cidade do Jordão, no Acre, no último domingo (12). Daniele Souza, dona do animal, após o crime, decidiu ir às redes sociais pedir respostas e justiça pelo assassinato de seu “amigo de quatro patas”.

Ao ContilNet, Daniele fala da revolta de seu cachorro ter sido morto de uma maneira tão violenta, além de detalhar como soube do ocorrido:

“Ontem, minha sogra, ligou às 6 horas da manhã, né? Mas, pelo que minha sogra relatou, ontem, por volta das 12 horas, ela ouviu um disparo, só que ela disse que pensava que eram aquelas bombinhas, né, que as pessoas soltam. Alguns vizinhos também ouviram, de fato. Aí, ela sempre ia levantar para olhar, mas ontem ela não levantou para ver o que era, né? Hoje, a gente viu que ele arrombou o quintal e estava lá, na frente, do lado da casa dela. Hoje, ela viu que o cachorro tinha sido assassinado com um tiro”, detalha.

Ela também afirma do perigo, afinal, foi usada uma arma de fogo, que poderia ser usada em pessoas também. Ainda sem respostas, Daniele fala que Shangay tinha 09 anos e já estava cansado e, consequentemente, não avançava mais em cima das pessoas.

Ainda sem respostas, Daniele fala que Shangay tinha 09 anos e já estava cansado e, consequentemente, não avançava mais em cima das pessoas/Foto: Cedida

“Quem foi que matou o cachorro com tiro? Porque o município aqui de Jordão é muito pequeno, é o tipo de lugar onde todo mundo se conhece”, diz.

Comoção nas redes sociais

Em suas redes sociais, Daniele escreveu um manifesto clamando por justiça. Veja na íntegra:

“Justiça para o meu Amigo de Quatro Patas: Shangay

Pare a Violência contra Animais.

Estou escrevendo para expressar minha profunda tristeza e indignação pelo covarde e brutal ato de violência que tirou a vida do meu querido cachorro. Meu companheiro fiel, que nunca fez mal a ninguém, foi covardemente morto a tiro, deixando-me de coração partido 💔 e enraivecido pela impunidade que cerca esses atos praticado por gente tão cruel.

Peço JUSTIÇA para o meu amado amigo e para todos os animais indefesos que sofrem ou sofreram maus-tratos. 

Não podemos permitir que esse tipo de violência continue impune em nossa sociedade. As autoridades devem agir com firmeza para identificar e punir na forma das leis Federal  e Estadual (14.064/20 |4.177/23) os responsáveis por esse ato covarde.

Solicito humildemente, que as leis de proteção aos animais sejam aplicadas com rigor e que o culpado seja responsabilizado pelo crime  que cometeu. Meu cachorro não merecia esse destino cruel, e é meu dever lutar por justiça em seu nome.

Apelo às autoridades competentes para que ajam com rapidez e eficiência neste caso, garantindo que a justiça seja feita e que meu amigo Shangay receba o respeito e a dignidade que ele merece.

Não podemos permitir que a violência contra animais seja ignorada ou minimizada. Eles são seres sensíveis que merecem nosso amor, cuidado e proteção. 

Junte-se a mim nesta luta por justiça e em memória do meu amado amigo de quatro patas.

Att: Daniele Souza e Antônio Rocha”

Últimas