sábado, 24 maio 2024

População indígena do Acre tem menor idade mediana do Brasil, diz pesquisa do IBGE

Maria Fernanda Arival, ContilNet

Dados do Censo Demográfico 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísica (IBGE), mostram que o Acre tem a menor idade mediana entre a população indígena, com 17 anos.

No cenário nacional, os indígenas apresentam uma idade mediana de 25 anos, 10 anos abaixo da idade mediana da população residente no Brasil. Quando residem dentro de Terras Indígenas, têm uma idade mediana de 19 anos, ou seja, 16 anos abaixo da idade mediana da população residente no Brasil.

Os números do IBGE mostram ainda que a idade mediana dos indígenas varia bastante, de acordo com o estado onde mora, e que nem sempre acompanha a variação de idade mediana da população da unidade federativa.

No Acre, a população geral tem como idade mediana 27 anos. Os indígenas, com 17 anos, têm idade mediana 10 anos menor. Dentre as pessoas indígenas, o  IBGE dividiu como pessoas que residem dentro e fora das terras indígenas, sendo que os indígenas que moram dentro das TIs tem idade mediana de 15 anos e os que moram fora têm idade mediana de 19 anos.

A maior diferença entre idade mediana encontra-se no Mato Grosso, onde a idade mediana da população residente é de 32 anos de idade e da população indígena é de 18 anos de idade. A segunda maior diferença foi encontrada no Rio Grande do Sul, com 12 anos de diferença.

A menor idade mediana encontra-se na região Norte, com 21 anos de idade, seguida da região Centro-Oeste com 23 anos de idade, e da Região Sul com 27 anos de idade. As idades medianas mais elevadas foram contabilizadas nas regiões Nordeste e Sudeste com, respectivamente, 32 e 36 anos.

Para o total da população residente, a região Norte também apresenta a menor idade mediana (29 anos). Mas é seguida pelas regiões Nordeste e Centro-Oeste, ambas com 33 anos de idade, pela região Sul, com 36 anos de idade, e Sudeste, com 37 anos de idade.

Últimas