sábado, 24 maio 2024

Professores da Ufac iniciam greve nesta quinta-feira; movimento é por tempo indeterminado

Victor Manoel, ContilNet

Os professores da Universidade Federal do Acre (Ufac) deram início nesta quinta-feira (02) ao movimento de greve. A paralisação foi decidida em uma assembleia na sede da ADufac, com 149 votos a favor e 11 contra, em Rio Branco.

“Greve aprovada, com início no dia 2 de maio, por tempo indeterminado”, disse a presidente da ADufac, Letícia Mamed.

As discussões não seriam finalizadas nesta semana, mas com a negativa por parte do Governo Federal para o atendimento das demandas da classe, a reunião foi antecipada, ocasionando a deflagração da greve.

Reivindicações

Entre os motivos para a paralisação estão as perdas salariais, a não revogação de medidas adotadas ainda no Governo Bolsonaro (como a Reforma Administrativa, por exemplo), orçamento considerado insuficiente para as instituições, falta de avanços na reestruturação de carreira e outras questões.

Quem aderiu ao movimento antes dos professores, foram os servidores técnicos-administrativos da instituição, que estão com as atividades paralisadas desde o dia 13 de março.

 

Últimas