Pimenta: Jorge Viana leva falas de Lula a eventos de maioria bolsonarista

Redação ContilNet

O presidente da ApexBrasil Jorge Viana/Foto: Agência Brasil

Comparando

Em eventos com público predominantemente bolsonarista, Jorge Viana, ex-governador e ex-senador, atualmente presidente da Associação de Promoção de Exportações de Investimentos (Apex) tem sido escalado para promover as ações atuais do governo Lula bem como as ações das gestões anteriores. Desta forma, são inevitáveis as comparações com os resultados do governo de Fernando Henrique Cardoso, anterior ao primeiro mandato de Lula, e aos quatro anos de Jair Bolsonaro. E comparações sempre causam constrangimento para quem é colocado em situação de desvantagem.

Agro

Na manhã de segunda-feira (7), na condição de presidente da Apex, Viana foi convidado a falar na abertura do 22º Congresso Brasileiro do Agronegócio, uma promoção da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) em parceria com a B3, novo nome da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), também conhecida como “turma da Faria Lima”.

Interior

Na tarde do mesmo dia Jorge Viana discursou no lançamento de um programa de incentivo à exportação no Parque Tecnológico de Sorocaba. Na plateia, cerca 500 pessoas, entre elas mais de 20 prefeitos e vereadores da região metropolitana, onde Jair Bolsonaro venceu com mais de 60% dos votos. Além disso, a cidade é reduto histórico do PSDB paulista, entre eles muitos apoiadores do ex-presidente. O vice-presidente Geraldo Alckmin e o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, participaram do mesmo evento, mas evitaram comparações com outros presidentes.

Light

Severamente criticado pela bancada ruralista do Congresso Nacional por relacionar os desmatamentos na Amazônia com o agronegócio, Jorge Viana não mudou o discurso, apenas passou uma vaselina. Esbofeteia com luvas de pelica. Se aproxima do adversário lembrando que é igual a ele, pois aos 14 anos internou-se em um colégio agrícola no interior paulista onde, após três anos, obteve sua formação como técnico agrícola, absorvendo a cultura e os valores da sociedade rural do interior paulista.

Expertise

Quando termina sua introdução ao discurso, Jorge Viana já eliminou as barreiras e os interlocutores estão atentos ao seu raciocínio, pois como técnico agrícola com um pé no interior paulista e outro na floresta amazônica é um homem de múltiplos saberes. “Nenhum país tem a possibilidade que o Brasil tem de aumentar sua produção na agropecuária. Nós já somos um forte fornecedor de proteína animal, mas na área de grãos temos muito a crescer”, afirma.

Merreca

“Eu falo como técnico agrícola que aprendeu no interior de são Paulo. Nossa produção de grãos hoje está em 315 milhões de toneladas. De todos os grãos que o país produz. É tão pouco ainda e tem um potencial tão grande que nenhum país do mundo tem. Só de milho, os EUA produzem 300 milhões de toneladas. Então é incrível como temos uma janela de oportunidades”, argumenta Viana.

Mercados

Jorge Viana lembra que o presidente Lula já visitou 12 países e abriu 26 novos mercados consumidores com suas andanças mais o vice-presidente Alckmin e o ministro da Agricultura, Carlos Fávero. Estas ações, segundo ele, renderam US$ 200 bilhões em exportações até julho. “No ano passado, o saldo da balança comercial teve o mesmo resultado que há 10 anos e não fossem as exportações do agronegócio e do pré-sal as coisas estariam bem mais complicadas”, disse ele, cravando o alfinete nos bolsonaristas.

Mistério

Lula vem ao Acre pela enésima vez, embora nunca tenha vencido eleição no Estado. Nesta terça-feira (8), ele publicou em suas redes sociais que é o presidente que mais investiu dinheiro aqui e disso ninguém tem como discordar. Mas Fernando Henrique também investiu bastante, principalmente na pavimentação da BR-317 até Assis Brasil e na revitalização da Via Chico Mendes. E o ex-governador Jorge Viana não cansa de agradecer a ele. Nesta segunda-feira (7), ele e o vice-presidente Geraldo Alckmin visitaram FHC em seu apartamento em São Paulo.

Infovia

Como o ContilNet já havia antecipado em sua transmissão direta da Expoacre 2023, brevemente os municípios isolados do Acre estarão conectados a infovias que garantirão acesso à internet por fibra ótica para todos. O presidente Lula assinou nesta segunda-feira (7), o lançamento do Infovia 1, parte do programa Norte Conectado, que deverá beneficiar cerca de 10 milhões de brasileiros em 59 municípios da Amazônia. O programa prevê a implementação de oito infovias que acompanharão o leito dos rios com investimentos de R$ 1,3 bilhão.

Maomé

De acordo com o presidente Lula, o Estado tem que ir aonde o povo está e não ao contrário, tal como Maomé e a montanha. “A instalação das fibras óticas vai permitir que o filho do pobre, através da internet, possa ter a mesma qualidade de aula que tem o filho do rico em qualquer lugar desse país; é o Estado se aproximando das pessoas e não as pessoas tendo que ir atrás do Estado, é o Estado que tem que levar o desenvolvimento até onde estão as pessoas”.

Saúde

Nesta terça-feira (8), a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) recebeu equipamentos hospitalares adquiridos pelo governo do estado com recursos do Ministério da Saúde e de emendas parlamentares, entre eles, o senador Alan Rick (UB). A entrega ocorreu no quadrilhódromo da Amadeo Barbosa. Ao todo, são 282 equipamentos que, segundo o secretário Pedro Pascoal, vão equipar unidades das regionais do Alto Acre, Purus, Tarauacá-Envira, Juruá e Baixo Acre. Um investimento de R$ 1,5 milhão.

Parcela

O senador Alan Rick, que está cumprindo as atividades parlamentares em Brasília, foi representado pelo coordenador de gabinete Marcelo Matos. “A saúde sempre foi uma prioridade do senador Alan Rick. Aqui está o resultado de uma pequena parcela do que ele destinou ainda quando deputado federal para melhorar a estrutura de atendimento nas unidades de saúde, que ele fez questão de visitar em todas as regionais do estado. Até o momento já são mais de R$ 140 milhões em recursos enviados para o governo e as prefeituras investirem em saúde”, frisou.

Avó

Na solenidade de entrega, o governador Gladson Cameli assinou a ordem de serviço para a construção da primeira etapa da nova Maternidade, que deverá se chamar Marieta Messias Cameli. Obra de mais de R$ 29 milhões. “Em nome da minha avó vamos homenagear todas as mães acreanas. Agradeço a todos os parlamentares. Nunca deixo de agradecer porque ninguém governa só”, disse Cameli.

Máfia

A convite da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil o deputado federal Coronel Ulysses (UB-AC) proferirá na quinta-feira, 10, palestra no Fórum Panamericano sobre o Combate ao Crime Organizado Transnacional. Abordará sobre as “medidas alternativas de combate a grupos criminosos de tipo mafioso”.

Consulado

O evento é promovido pela embaixada norte-americana em parceira com George C. Marshall European Centre for Security Studies, órgão do Departamento de Defesa dos EUA destinado a debater questões relacionadas à segurança regional e transnacional. Os debates começaram nesta terça-feira (8), e terminam 10 de agosto na sede do Consulado dos EUA em São Paulo.

Parmalaz

Em Belém (PA),a deputada Socorro Neri (PP) participou nesta segunda-feira (7) da confraternização do Parlamaz durante a Cúpula dos Países Amazônicos. O Parlamaz é um grupo de parlamentares de 8 países integrantes do bioma amazônico que busca a melhoria da governança de conservação e desenvolvimento sustentável da região.

Desmate

Socorro Neri fez pronunciamento no Parmalaz lembrando que nos últimos anos a taxa de desmatamento da Amazônia tem aumentado devido a atividades como agropecuária extensiva e predatória, exploração madeireira e garimpo ilegais.E enfatizou que nos últimos 6 meses do Governo Jair Bolsonaro, os alertas na Amazônia cresceram 54,1% enquanto que no Governo Lula houve queda de 42%, “indicando que as políticas ambientais retomaram os rumos acertados”

Últimas