Em Rodrigues Alves, Jailson Amorim fecha as portas da prefeitura para tirar férias

Eleito com 5.977 votos na eleição de 2020, o prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim, 47 anos, deverá entrar o ano de 2023 enfrentando vários processos. O prefeito ordenou o fechamento das portas da prefeitura no dia 12 de dezembro, deixando dezenas de fornecedores e funcionários sem receber seus pagamentos.

De acordo com Amorim, as atividades na prefeitura de Rodrigues Alves só voltarão a funcionar a partir do dia 2 de janeiro de 2023. Até lá, quem precisar resolver algum problema naquela instituição terá que esperar.

A vereador Terezinha (PCdoB) é uma das mais revoltadas com a situação. Ela disse ao site Juruá Online que é um verdadeiro absurdo a prefeitura fechar as portas no mês de dezembro, deixando centenas de pessoas impossibilitadas de resolverem suas pendências.

“É brincadeira, um verdadeiro absurdo a prefeitura de Rodrigues Alves entrar de férias em dezembro. Os serviços com salários atrasados, que precisam de atendimento, só tiveram até o dia 12 para resolver seus problemas na prefeitura”, disse ao site.

O decreto que ordena o fechamento da prefeitura foi publicado no Diário Oficial no dia 8 de dezembro. O prefeito alega que neste período natalino existem poucas demandas nos serviços do município.

Juruá Informativo deixa a palavra o Ministério Público.

Últimas